27 março, 2015

Testei: Batom Boca MAC Julia Petit

Não resisti e arrematei um batonzinho da coleção especial da Julia Petit para a MAC. Pelo menos um batom da diva mor eu tinha que ter! Hahaha. Como achei o Açaí muito parecido com cores que eu já tenho, assim como o Petit Red, comprei o Boca, que tem o tipo de cor que vou usar muuuito.

No começo achei que o tom seria mais nude, até fiquei com medo de ficar aquele efeito tijolão sabe? Mas quando chegou vi que era mais rosa e amei a cor. Fica mesmo uma cor de boa, bem natural. Quanto menos você passar, mais natural fica. Com o pincel o batom fica com efeito maravilhoso. A cobertura é Satin, o que facilita muito a aplicação.

A durabilidade é boa. Não se compara à cobertura mate, mas é boa como os batons mais comuns da MAC. Só prefiro a embalagem regular dos batons. Achei que essa tem carinha de mais frágil.

Lindinho, não? Tô usando todo dia, hahahaha. Vocês conseguiram arrematar algo dessa coleção? Gostaram da cor do Boca? Beijos!

25 março, 2015

Diário de viagem: Florianópolis!

Hoje vou mostrar como foram meus dias de férias em Florianópolis! Eu amo essa cidade e sempre que temos a oportunidade (my boy and I), vamos passear por lá. Temos amigos mais que queridos que moram por lá, então sempre unimos o útil com o agradável, hahaha. Essa foi a quinta vez que fomos para Florianópolis. Dessa vez, nosso foco era fazer algo mais radical, com trilhas e mergulhos.

Conhecemos muitos e muitos lugares que nunca tínhamos ido e isso que é mais legal de se voltar sempre em uma cidade que se gosta muito. Cada visita, é uma descoberta espetacular.

Pra mim, o lugar mais incrível que fomos, foi a ilha do Campeche. Que paraíso! Pra chegar, pegamos um barco tipo de pescador mesmo, bem simples. O barco sai da praia da Armação e vai contra a maré até a ilha, o que torna a viagem bem sacolejante. Se você tem problemas com barcos, saiba que a viagem é um pouco difícil. Mas o visual compensa tudo! 

O mar é cristalino e cheio de peixes... Ah, leve dinheiro porque lá não aceita nenhum tipo de cartão! Você pode fazer mergulho no mar (eles oferecem o snorkel e o pé de pato no pacote). Eu levei meu próprio snorkel e fui explorar com o maridão mesmo, hehehe. É bem tranquilo e acho que dá pra aproveitar bastante, especialmente ao redor das pedras, no início da praia. Os guias vão informar onde pode mergulhar, é só perguntar. O mergulho guiado custa R$ 40, pra quem interessar. A viagem de barco até a ilha custa R$ 60 por pessoa e o almoço sai em média R$ 80 para duas pessoas.

As águas são calmas e transparentes. Dá pra ficar horas nadando e relaxando. A água do mar em Floripa costuma ser gelada, mas na ilha estava uma delícia!

Fomos conhecer também a famosa praia do Rosa. Vocês acreditam que na época certa dá pra ver até baleias na praia? É entre agosto e novembro. O lugar é bem bonito, mas mais cheio de gente. Ficamos na parte norte, menos cheia de restaurantes e tal. A viagem é mais longa, cerca de 115km de Florianópolis. Mas a estrada é boa e o acesso é fácil. Vale a pena a visita!

Em outro dia, fizemos a trilha para a praia dos Naufragados. Uma praia linda, praticamente deserta, porque pra chegar tem que se andar um bocado. A trilha é de mais ou menos uns 50 minutos até 1h. Não é tão íngreme e tem vários riachos e cachoeiras no caminho. Leve dinheiro porque os únicos dois restaurantes da praia, não aceitam cartão! Chegando lá, tem mais duas trilhas para se fazer: até o farol e até o porto. Vale a pena pela vista maravilhosa!

Umas das coisas que mais amei fazer foi stand up na Lagoa do Peri. O lugar é simples, mas muito lindo, justamente por essa simplicidade. As águas não são tão claras, mas são calmas, o que faz com que a prática do SUP fique menos complicada do que no mar. 

E pra terminar nossa viagem cheia de aventuras, fizemos a trilha para a praia da Lagoinha do Leste. Tem duas trilhas que dão nessa praia, pela praia do Matadeiro, com uns 5km e a pela praia Pântano do Sul, com uns 2,6km, que foi a que fizemos. Essa trilha é bem íngreme, apesar me mais curta, acaba cansando mais porque tem muita pedra e é dentro da mata fechada. Mas como tomamos muito sol no dia anterior, queríamos uma trilha menos exposta. Mas na próxima, quero fazer a trilha pela praia do Matadeiro pra ver as belezas do caminho.

A praia da Lagoinha do Leste é praticamente deserta. Tem que levar água, comida e tudo mais. Porque não tem barracas como nas praias comuns. Tinha até um carinha vendendo bebidas lá em um isopor, mas tudo bem simples. A lagoa pode ser vista do alto da trilha e chegando lá, dar um mergulho nela é recompensador. Esse também é um ótimo lugar para acampar.

Aqui, uma fazenda de ostras em Ribeirão da Ilha, a caminho da trilha para a praia dos Naufragados.Pra quem ama ostras, esse é O lugar para se encontrar um bom restaurante do tipo.


E mais um clique da Lagoa do Peri, no pôr-do-sol.

Pra comer, conheci um lugar fantástico que indico e muito: o restaurante Books & Beers. Um lugar mega charmoso, cheio de livros, bebidas e comidas deliciosas. A decoração é show e o ambiente muito agradável. Amamos!

Acho que contei tudo pra vocês que fizemos por lá! Que cidade linda, né? Espero voltar muitas e muitas vezes e fazer outras muitas descobertas. Vocês já visitaram Floripa? Deixem suas dicas nos comentários! Vou anotar tudinho para visitar na próxima vez. Beijos!

23 março, 2015

É tendência: blazer capa!

Não sei o Instagram de vocês, mas no meu (segue, lá @jo_nascimento) anda aparecendo, e muito, um item que já virou febre entre as fashionistas: o blazer capa ou cape blazer. 

Começou, é claro, nas semana de moda internacionais. Valentino e Balenciaga desfilaram cape dress e blazer em suas coleções e pronto, pegou! E a trend já chegou por aqui. Eu amei! Especialmente porque sou muito calorenta, hahahaha. É um jeito prático e mais agradável de usar uma terceira peça, sem perder o charme da produção. Olha só:

Dá pra usar com calça para looks mais despojados, vestidos para um visual mais chique e com shorts para um ar mais romântico na produção. Mas dá pra fazer muuuitas e muitas outras combinações. Com shortinhos jeans, saias, macaquinhos e por aí vai... É usar a criatividade e arrasar de acordo com seu estilo.

Eu tenho um preto que vou mostrar em breve em um look aqui no blog. É muito amor! Aqui no Brasil já dá pra achar em alguns sites como oqvestir, onde o valor tá bem salgado ou no Lulys. Mas no amado Aliexpress tem e por um precinho mais amigo, uma média de $22.

E então, vocês gostam dessa tendência? Vão aderir? Acho tão charmoso que já tô querendo até um vestido capa, hahahaha. Beijos!